Criando solos férteis: lições dos estudos das terras pretas – Embrapa

O Dia de Campo na TV vai falar sobre as Terras Pretas de Índio da Amazônia, solos considerados entre os mais férteis do mundo. Estudos indicam que a formação destes solos está associada ao manejo de resíduos feito pelos povos que viveram na Amazônia, há milhares de anos. As Terras Pretas de Índio (TPIs) são encontradas em diversos pontos da Floresta Amazônica, geralmente próxima aos rios, locais onde viviam muitas comunidades indígenas.

Foto: Felipe Rosa

Foto: Felipe Rosa

Pesquisadores de diversas instituições do mundo buscam entender e tirar lições dos processos químicos e físicos envolvidos na formação das terras pretas, para utilizar esses princípios associados a processos científicos modernos a fim de desenvolver tecnologias para a agricultura. Um exemplo disso são as pesquisas com biocarvão, conhecido no meio científico internacional como biochar , em inglês.

As pesquisas relacionadas às Terras Pretas de Índio da Amazônia contribuíram para o entendimento dos mecanismos de criação de cargas no solo e identificaram o biocarvão como fonte de cargas que retêm os nutrientes. A partir disso, pesquisas vem sendo feitas com carbonização de diferentes resíduos. Esses estudos, nos quais a Embrapa tem participação ativa, assumem importância estratégica, pois buscam oferecer alternativas a questões como aproveitamento de resíduos, sequestro de carbono, redução das emissões de gases de efeito estufa (GEE), aumento da fertilidade dos solos, maior eficiência e sustentabilidade na agricultura.

As pesquisas com terra preta de índio envolvem várias instituições e diversas áreas do conhecimento. Além de pesquisas relacionadas a química e física, também há estudos com ecologia e botânica nas terras pretas, assim como estudos com microrganismos encontrados neste solo que podem dar respostas importantes para questões ambientais.

Esta edição do programa  Dia de Campo na TV aborda informações sobre a formação dos solos de Terra Preta de Índio, suas características, diversas pesquisas que vem sendo feitas e mostra exemplos de experimentos na tentativa de reproduzir características desse solo para reter nutrientes e fertilizar outras áreas, utilizando biocarvão.

Siglia Souza (MTb 66/AM)
Embrapa Amazônia Ocidental
[email protected]

Carlos Dias
Embrapa Solos
[email protected]

Fonte: Embrapa

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-2wI

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Validar Operação * O limite de tempo está esgotado. Por favor, recarregue o CAPTCHA.