Diferença entre preços do boi e da carne diminui

Foram consideradas as médias mensais deflacionadas pelo IGP-DI março/22.
Imagem: Marcel Oliveira

Com a média mensal da arroba do boi gordo paulista (Indicador CEPEA/B3) apresentando, de março para abril, queda mais intensa que a da carne negociada no atacado da Grande São Paulo (carcaça casada), o Cepea registrou aproximação entre os valores destes produtos. Em abril (até o dia 12), a diferença entre o boi para abate e a da proteína no atacado foi de 11,67 Reais/arroba (com vantagem para o animal), contra 19,06 Reais/arroba em março e 12,39 Reais/arroba em abril de 2021.

De acordo com o boletim informativo do Cepea, trata-se, também, da menor diferença desde novembro do ano passado. Para esse resultado, foram consideradas as médias mensais deflacionadas pelo IGP-DI março/22. Em novembro de 2021, a diferença foi de apenas 7,15 Reais/@, com a carcaça casada cotada a R$ 312,30/@ no atacado da Grande São Paulo e o boi gordo, a R$ 319,44/@ no mercado paulista, em termos reais. Vale lembrar que, em novembro do ano passado, a média mensal da arroba registrava menor patamar, devido à suspensão dos envios de carne bovina à China, maior destino da proteína brasileira.

Por: Agrolink

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://ruralbook.com.br/rbjtLCL

Mais Agronotícias