Produtores rurais poderão entregar Imposto de Renda até 30 de junho

Medida fez parte da lista de propostas encaminhada pela CNA em parceria com as Federações. Agricultores podem procurar ajuda nos sindicatos rurais

O governo federal prorrogou pelo prazo de 60 dias a entrega das declarações de Imposto de Renda de pessoas físicas 2020. A entrega, inicialmente agendada até o dia 30 de abril, poderá ser realizada até 30 de junho. A decisão ocorre por causa da pandemia do coronavírus e atende uma das propostas do setor rural brasileiro.

Na última semana do mês de março, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) encaminhou à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, em caráter de urgência, um conjunto de propostas para que os produtores rurais brasileiros possam superar os transtornos e impactos causados pela pandemia do coronavírus. As medidas são voltadas especialmente para a prorrogação dos prazos dos financiamentos, sem que isso acarrete em dificuldades de acesso ao crédito rural para a safra 2020/21, e diferimento da tributação. A lista de proposta foi construída em parceria com as demais federações da agricultura do país.

Declaração

A multa que seria aplicada para quem não entregasse em 30 de abril só será cobrada se o contribuinte não obedecer a data de 30 de junho. Outro prazo que muda será o de entrega das restituições. O primeiro lote estava marcado para 29 de maio, mas será alterado, em razão desse adiamento.

De acordo com a Receita Federal, até o último dia do mês de março já haviam sido entregues 8,1 milhões de declarações, cerca de 25% do total. A expectativa do governo federal é receber mais de 32 milhões de declarações em 2020.

Fonte: Faepa

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-5Ys

Você pode gostar...