Produtores se reúnem no 5º Crop Tech, em Paragominas

Aconteceu na cidade de Paragominas nos dias 7 e 8 de abril o 5º Crop Tech, que teve como objetivo apresentação de produtos no mercado em fungicidas, inseticidas, biológicos e nutrição de plantas, e com exposições de experimentos de variedades de soja e milho.

A programação contou com a presença de vários produtores e empresas da região que trocaram conhecimentos sobre o agronegócio pelo Estado. De acordo com o organizador, Plínio Moraes foram mais de 70 lançamentos de materiais de soja. “ Foram dois dias de programação com troca de informações e lançamentos. Tivemos o intuito de levar ao produtor informações sobre as principais soluções do mercado para os desafios presentes em nossa região”, comenta.

O gerente de desenvolvimento da Biotrop, Tedson Azevedo, tem observado que o estado do Pará possui uma produção elevada de cereais que contribuem com a produção. “É um evento de grande relevância para a região, que é bastante produtora e vem se destacando na produção de cereais, aqui no estado do Pará e a BIOTROP participa desse evento que é muito valioso, é o nosso primeiro ano de participação efetiva, em que estamos tendo a oportunidade de apresentar as nossas Biosoluções para as lavouras de soja, milho, pastagem, tudo que é cultivado aqui na região que é de alto potencial”, comentou.

Há oito anos no estado do Pará a AICL esteve presente pelo seu segundo ano, de acordo com o representante, Rodrigo Canelo, a troca de informações tem contribuído com o desenvolvimento da produção. “Estamos pelo o segundo ano neste evento, que é uma programação que vem acontecendo na região, e tem ajudado com o desenvolvimento do conhecimento, através das tecnologias, que tem dado certo no mercado. O modelo de evento foi de muita relevância, principalmente na dinâmica com os participantes”.

Para o produtor rural, Mauro Lúcio, muitos desafios surgiram ao longo dos anos no meio do agronegócio, que foram enfrentados pelos produtores. “Nós temos vivido nos últimos três anos uma dificuldade muito grande, coisas muito novas outras mais velhas, como a pandemia, a guerra, que são situações que impactam na economia, principalmente no agronegócio. Nós enquanto produtores utilizamos a tecnologia como solução das dificuldades que são enfrentadas no campo. Hoje a agricultura é uma das atividades mais importantes para o futuro da pecuária paraense, que traz mais tecnologia, mais renda, não só para o produtor, mas para aqueles que estão no interior do estado também, isso começa a melhorar a economia das localidades”.

Por Jussara Alves

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://ruralbook.com.br/rbFQvK6

Mais Agronotícias