Projeções para pecuária em 2022: o que esperar?

Saiba o que os pesquisadores do Centro de Inteligência da Carne Bovina, da Embrapa, traçam como cenários para 2022.

O que esperar da pecuária para o ano de 2022? Na Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) os analistas do CiCarne (Centro de Inteligência da Carne Bovina), um departamento de análise de mercado da unidade Gado de Corte, em Campo Grande (MS), traçaram cenários para esse setor do agro brasileiro.

Com um rebanho de 200 milhões de animais e exportações da ordem de US$ 8,5 bilhões, até o mês passado, a pecuária bovina brasileira segue batendo recorde. Os desafios para manter o crescimento são muitos. Guilherme Cunha Malafaia, Sérgio Raposo de Medeiros e Fernando Rodrigues Teixeira Dias, pesquisadores do Cicarne, levantam informações como custos e margens, consumo, ciclo pecuário e o cenário macroeconômico futuro para o setor. Para encerrar as previsões para o próximo período, fazem um balanço de 2021. Confira:

MACROECONOMIA EM 2022
As exportações de carne bovina brasileira devem crescer, com a Ásia continuando a ser o principal mercado, embora as exportações de carne bovina ainda tenham sofrido com a suspensão das importações pela China em razão dos casos atípicos de vaca louca, até semana passada.
As exportações de carne bovina dos EUA, ganhando acesso à China, proporcionarão competição adicional à carne bovina brasileira.

A estimativa é que a produção de suínos volte a cair em muitos mercados asiáticos, incluindo a China, em 2022, pelos preços descendentes e alto custo com insumos, desestimulando assim a produção. Tal evento criará oportunidades para as exportações brasileiras.

Leia mais em: Forbes


ASSISTA TAMBÉM:

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://ruralbook.com.br/rbLANIG

Mais Agronotícias