Qualiveg e Qualimicro buscam melhoria na conservação de recursos genéticos – Embrapa

A Embrapa Arroz e Feijão (Santo Antônio do Goiás, GO) está participando de dois projetos que se iniciaram neste ano, voltados à melhoria de qualidade para conservação de recursos genéticos de plantas e de microrganismos. 

Fonte: Internet

Fonte: Internet

Coordenados pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília, DF), os projetos Qualiveg e Qualimicro reúnem várias unidades da Empresa e buscam mapear as condições atuais dos bancos genéticos vegetais e das coleções de microrganismos mantidos pela Embrapa em todo Brasil, de forma a adequá-los a normas internacionais de qualidade.

O projeto Qualiveg visa implementar e monitorar Sistemas de Qualidade nas coleções de recursos fitogenéticos, com base em experiências e nas normas internacionais de qualidade. No caso da Embrapa Arroz e Feijão, a contraparte no projeto é o pesquisador Paulo Hideo, gestor do Banco Ativo de Germoplasma de Arroz e Feijão (BAG Arroz e Feijão).

De acordo com ele, uma das primeiras atividades será realizada no mês de setembro, em conjunto com a coordenação nacional do projeto, quando será feita visita ao BAG Arroz e Feijão para levantar sugestões em apoio à formulação de normas de gestão para bancos de germoplasma da Embrapa.

O BAG Arroz e Feijão possui cerca de 27 mil amostras de arroz e 16 mil amostras de feijão. São encontradas cultivares, variedades tradicionais, linhagens, populações e exemplares de espécies silvestres, coletadas no Brasil e em outros países. A conservação e o uso sustentável desse acervo é fundamental para o futuro da pesquisa e do cultivo do cereal e da leguminosa.

Em relação ao Qualimicro, é a pesquisadora Adriane Wendland quem está à frente da ação, com o apoio dos analistas Alécio Souza Moreira e Lívia Teixeira Duarte Brandão. O foco do projeto é a coleção de trabalho de microrganismos utilizados em prol da agricultura.

Conforme Adriane, dia 24 de agosto, haverá a primeira reunião com o grupo gestor do projeto, quando serão estabelecidas as atividades que serão conduzidas no centro de pesquisa e já existe também uma capacitação programada em novembro para curadores da base de dados AleloMicro, sistema de informação sobre microrganismos.

A Embrapa Arroz e Feijão possui uma coleção que abrange mais de 20 espécies e gêneros de microrganismos entre fitopatogênicos, entomopatogênicos, fixadores de nitrogênio, promotores de crescimento, indutores de resistência e microparasitas, usados no controle biológico.

Em ambos projetos, Qualiveg e Qualimicro, o objetivo é identificar melhorias e validá-las face a normas internacionais para definir um padrão único de qualidade a ser adotado pela Empresa. Com isso, espera-se estabelecer um modo comum de atuação para a Embrapa, facilitando a rotina e a operacionalização das tarefas desenvolvidas pelas equipes responsáveis pelos bancos e coleções de recursos genéticos.

 

Rodrigo Peixoto (1.077 MTb/GO)
Embrapa Arroz e Feijão

Fonte: Embrapa

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-2z2

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Validar Operação * O limite de tempo está esgotado. Por favor, recarregue o CAPTCHA.