Setor sucroenergético ganha nova associação de tecnologia

Astecna tem como objetivo alavancar os negócios da agroindústria do setor através da participação conjunta de especialistas.

Com a missão de prover de forma integrada soluções que maximizem resultados para o setor agroindustrial, no setor sucroenergético, será apresentada, no próximo dia 27 de abril, durante uma live de lançamento, a Astecna – Associação de Tecnologia Agroindustrial de Piracicaba.

A entidade é uma iniciativa de especialistas oriundos do Centro de Tecnologia de Pesquisa e Desenvolvimento na cultura de cana-de-açúcar. Eles juntaram-se visando reunir competências multidisciplinares traçando um plano para oferecer ao mercado seus conhecimentos de processos e produtos desenvolvidos nas mais diversas áreas da indústria sucroenergética.

A Astecna é voltada a atender de forma abrangente toda a cadeia de produção e tecnologia do setor, contemplando as áreas agronômicas e industriais. Essa sinergia é sua principal atratividade para o setor que poderá contratar as mais diversas especialidades em um só lugar. “Reunimos 14 empresas especialistas que têm atuação consistente nesse mercado devido ao conhecimento adquirido ao longo da carreira profissional e hoje tornaram-se grandes empresários e são referências nas usinas”, diz Jorge L. Donzelli presidente da associação.

Especializada no desenvolvimento de soluções para a gestão agroindustrial, a GAtec é uma das idealizadoras e fundadoras da Astecna. Segundo Paulo Lordello Novaes, CEO da GAtec e Diretor Administrativo da Associação, existirá constante sinergia nas áreas na atuação, como gestão administrativa e financeira, marketing, entre outras. “A GAtec sempre pautou sua atuação na pluralidade de ideias e no trabalho conjunto de diversos profissionais integrando soluções. Não será diferente dentro da Astecna, por isso, a idealização e a criação da entidade têm em sua missão oferecer às usinas e fornecedores um leque abrangente de possibilidades, envolvendo produtos e serviços de consultorias e que eles busquem essas soluções em um único local”, destaca.

Ainda segundo Novaes, essa iniciativa é inédita e irá fortalecer ainda mais o setor sucroenergético. “Os avanços tecnológicos gerados serão muitos, prevê-se que estes ganhos virão da atuação integrada dos mais diversos profissionais das áreas agrícola e industrial. Notar que cada uma das associadas fundadoras tem em seu DNA a inovação e o desenvolvimento tecnológico, cuja base está na pesquisa, desenvolvimento e sustentabilidade. Estes são os motores do agro”, diz.

Lançamento oficial

O evento de lançamento formal da Astecna, estava programado inicialmente para acontecer de forma presencial, mas devido à pandemia do COVID-19, precisou ser alterado. Agora, já tem nova data e será realizado no formato digital, em uma live no dia 27 de abril, com previsão de abertura para às 9h30.

A programação contempla a apresentação institucional da Associação e após o lançamento oficial da entidade, ocorrerá um debate com o tema: Diretrizes para aplicação de subprodutos na lavoura de cana-de-açúcar – Atendimento à Legislação Ambiental.

Por: Notícias do agro

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://ruralbook.com.br/rbPMHgQ

Você pode gostar...