Sistema Biobed: tecnologia para tratamento de resíduos de agrotóxicos – Embrapa

O Dia de Campo na TV vai falar sobre uma alternativa ambientalmente segura para tratar os resíduos de agrotóxicos, o Sistema Biobed Brasil. Ele reproduz o modelo de atenuação que acontece livremente na natureza, porém em uma situação criada para favorecer e acelerar o processo. Entre os pontos positivos da nova tecnologia, destacam-se o baixo custo, alta eficiência, segurança ambiental e adaptação às pequenas e grandes propriedades rurais.

Fonte: Internet

O Sistema é uma alternativa segura para tratar os restos líquidos de produtos que ficam no pulverizador e os resíduos da lavagem de máquinas, recolhidos em rampas construídas sobre o fosso para a coleta dos vazamentos e respingos, onde são executadas as atividades com os agrotóxicos e o manejo do pulverizador.

O Sistema Biobed Brasil foi desenvolvido pelo pesquisador Luciano Gebler, da Embrapa Uva e Vinho, a partir do modelo Biobed utilizado na Suécia, desde 1993. Durante cinco anos ele conduziu pesquisas visando a sua adaptação para as condições de clima temperado do sul do Brasil. Segundo Gebler, “o Biobed cria um ambiente que propicia a aceleração da atuação de fungos lignolíticos, também conhecidos como fungos filamentosos brancos, que são os agentes microbiológicos degradadores de resíduos de agrotóxicos”.

Ele complementa que o Sistema Biobed Brasil permite uma aeração melhor do que aquela existente naturalmente no solo, favorecendo processos aeróbicos para degradação de agrotóxicos. Após determinado tempo, geralmente um ano, que pode variar segundo o contaminante e as condições ambientais do meio onde ocorre a degradação, as moléculas de agrotóxico que restarem estarão fortemente fixadas à matéria orgânica. Esse material deverá ser retirado da estrutura e passar por um período de seis meses no processo  de compostagem. Depois o resíduo poderá ser distribuído, como adubo, nas áreas agrícolas da propriedade rural.

O programa vai mostrar também como dimensionar e construir o Biobed, apresentar as aplicações da tecnologia e quais os cuidados necessários para o correto funcionamento do Sistema.

O Dia de Campo na TV “Sistema Biobed: tecnologia para tratamento de resíduos de agrotóxicos foi produzido pela Embrapa Informação Tecnológica (Brasília, DF), em parceria com a Embrapa Uva e Vinho (Bento Gonçalves , RS), Unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Além do tema principal, o programa ainda aborda outros assuntos nos quadros: “Agência Embrapa de Notícias”, “Sempre em Dia”, “Repórter em Campo”, “Na Mesa”, “Quem quer ser cientista”, “Minuto do Livro”, e “Ciência e Tecnologia em Debate”.

Viviane Zanella (MTb 14004)
Embrapa Uva e Vinho

Fonte: Embrapa

Banner rodapé fornecedor

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-3aQ

Você pode gostar...