Categorias
Bate Papo rb

Tendências do mercado do boi gordo para 2021

 

Bate papo com Thiago B. Carvalho do CEPEA ESALQ analisando o mercado pecuário de 2020 e tendências para 2021. O que será que pode acontecer com o mercado neste próximo ano.

 

Categorias
Exportações

Exportações brasileiras de carne bovina cresceram em agosto

Nas duas primeiras semanas de agosto o Brasil exportou 8,11 mil toneladas por dia de carne bovina in natura.

Imagem: Pixabay

Nas duas primeiras semanas de agosto o Brasil exportou 8,11 mil toneladas por dia de carne bovina in natura, incremento de 32,1% ante o volume diário de agosto de 2019. Os dados são da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

O bom volume exportado trouxe incremento de 27,5% ou US$7,05 milhões no faturamento frente ao mesmo período de 2019, apesar da queda de 3,5% ou US$144,60, na cotação da tonelada de carne exportada. As exportações em bom ritmo ajudam no escoamento da produção e dão sustentação aos preços no mercado do boi gordo.

Por: SCOT Consultoria

 

Categorias
Pecuária

Cotações firmes na reposição

A alta foi de 0,5% em relação à semana anterior.

Imagem: Marcel Oliveira

Na média de todos os estados monitorados, entre machos e fêmeas anelorados e mestiços, a alta foi de 0,5% em relação à semana anterior. Embora o reajuste seja singelo frente às altas da semana anterior, a valorização no acumulado dos últimos doze meses foi de 58,5%. Esse cenário mais ‘’brigado’’ desta semana é em função dos testes de valores menores observados para o boi gordo, no entanto, o cenário geral é de oferta curta, o que limita que a pressão de baixa ganhe força, mesmo com a chegada da segunda quinzena do mês.

As altas da semana foram puxadas pelos machos. Considerando a média de todas as categorias, a valorização foi de 0,5%, frente a 0,3% da média das categorias das fêmeas aneloradas. Poucos negócios concretizados marcaram o cenário do mercado de reposição nesta semana. Para o curto prazo o cenário tende a ser de manutenção de preços.

Por: SCOT CONSULTORIA