Categorias
Mercado pecuário

Exportadoras de carne do Brasil enxergam oportunidade em Brexit – BeefPoint

Fonte: Internet
Fonte: Internet

 

Para a indústria brasileira de carnes, a decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia soa como uma oportunidade. Importador líquido de alimentos, o Reino Unido provavelmente terá que adotar regras mais flexíveis e uma postura mais aberta em relação às importações em meio à diminuição da oferta do bloco europeu de acordo com a Minerva, segunda maior exportadora de carne bovina do Brasil.

“Bruxelas colocou diversas regras muito fortes de protecionismo no setor agrícola para defender os produtores de países com produção agrícola mais forte”, disse Fernando Galletti de Queiroz, presidente da Minerva, em entrevista por telefone, em referência à capital da UE. “Qualquer saída do mercado comum europeu abre oportunidade para outras origens serem fornecedoras”.

A saída da UE também deverá limitar os investimentos no setor alimentício do Reino Unido, possivelmente deixando o país ainda mais dependente das importações, disse Queiroz.

O acesso direto ao Reino Unido pode acabar favorecendo as exportações de carne bovina do Brasil porque os embarques do país para a UE são limitados por restrições comerciais como impostos, cotas e barreiras sanitárias, disse Fernando Sampaio, diretor-executivo da Abiec. “Acredito que o Reino Unido possa ser mais liberal em termos de acesso ao mercado do que a União Europeia e que o Brasil possa se beneficiar desse resultado”.

Fonte: Bloomberg, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Categorias
Agência Onda Rural

Agência Onda Rural #03: O agro nas Rádios

O ‘NÃO’ DO REINO UNIDO À UNIÃO EUROPEIA BENEFICIA O AGRONEGÓCIO

Agencia onda ruralA importação de carnes pelos britânicos ficam agora livres das cotas estabelecidas pela UE e é o primeiro setor brasileiro que pode ser beneficiado.

 

CANAVIEIROS POUCO DIVERSIFICAM PLANTAÇÕES

Agencia onda ruralO tradicionalismo dos produtores de cana dificulta a utilização de outras e novas variedades, mesmo comprovadamente produtivas, mas a situação começa a mudar avalia o CTC.

 

FALTA AO FEIJÃO MERCADO MUNDIAL REGULADOR

Agencia onda ruralNão sendo commodity, o alimento mais popular do BR não tem parâmetros internacionais e é regulado apenas pela oferta e demanda brasileiras.

 

MINUTO DO PRODUTOR

Agencia onda ruralNa coluna do Vlamir Brandalizze, balanço do feijão, no limite do suportável para o varejo, do arroz, ainda com fôlego, além do milho (vai cair mais) e da soja.

Categorias
Agronotícias

Grãos gelados são a chave para um café melhor, diz estudo – CaféPoint

Fonte: Internet
Fonte: Internet

 

Uma equipe de cientistas da Universidade de Bath no Reino Unido disse que produzir um café mais saboroso poderia ser alcançado de uma forma muito simples: resfriando os grãos antes de moer.

Os cientistas estudaram os efeitos de moer grãos em diferentes temperaturas, a partir de salas com temperaturas de -196oC, e descobriram que grãos mais gelados levavam a partículas mais finas e mais uniformes após a moagem. Por sua vez, pós de café mais uniformes permitiam uma melhor extração dos componentes que dão sabor ao café.

Além de apoiar a ideia de resfriar os grãos antes de moer, as descobertas do estudo também apoiam a crença existente entre profissionais do café sobre a importância da moagem em si em alcançar melhores resultados no consumo do café.

As informações são do http://gcrmag.com / Tradução por Juliana Santin 

Fonte: CaféPoint