Venda antecipada perde ritmo e Brasil tem 56,5% da nova safra de soja negociada

Todos os estados apresentam ritmo de negociações mais avançada que a média para o período. Veja quem vendeu mais e quem comprometeu menos!

O Brasil já comercializou antecipadamente 56,5% das mais de 133 milhões de toneladas que deve colher na safra 2020/2021, segundo levantamento da consultoria Safras & Mercado. Isso representa um avanço muito pequeno em relação ao relatório de novembro, que o número era de vendas era de 55,1%.

Entretanto, o ritmo atual ainda é bem mais avançado que o registrado no mesmo período do ano passado, quando a negociação envolvia 37,8% da produção. E, também, a frente da média para o período, que é de 34,5%.

Ou seja, levando-se em conta uma safra estimada em 133,517 milhões de toneladas, o total de soja já negociado é de 75,403 milhões de toneladas.

Quem mais vendeu

Mato Grosso é o estado que mais soja já comercializou para esta safra, em torno de 64% das 35,6 milhões de toneladas, ou seja, comprometeu antecipadamente 22,8 milhões de toneladas já. A média normal para o período é de 42%. Em 2019 tinha vendido 48% nesta mesma época.

Goiás vem logo na sequência com 63% das 13,5 milhões de toneladas que pretende colher, um total de 8,5 milhões de toneladas já negociadas. A média para o período é de 40%, e em 2019 havia negociado 36%.

Quem menos vendeu

Santa Catarina é o estado que menos vendeu até agora, tendo comprometido apenas 32% da sua safra de 2,6 milhões de toneladas, ou seja, apenas 860 mil toneladas. A média para o período é de 22%.

Na sequência vem o Rio Grande do Sul que comprometeu 38% de sua futura safra de 19,9 milhões de toneladas. A média para o período é de 20%.

soja vendas

Fonte: Por Daniel Popov, de São Paulo

Foi útil a notícia? Seja o primeiro a comentar.
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
O URL curto deste artigo é: https://wp.me/p49eYW-6vx

Você pode gostar...